•   Teresina - PI, 20/01/2018.
Oferecimento:
  Notícias
  Entretenimento
  Mulher
  Colunistas
  Mídias
  Clima
Mangueira é a escola de samba vencedora do carnaval 2016 do Rio
 Postado em: 10/02/2016 às 22h12
Mangueira é a escola de samba vencedora do carnaval 2016 do Rio

A Estação Primeira de Mangueira é a escola de samba campeã do carnaval 2016 do Rio de Janeiro! A apuração das notas, realizada nesta Quarta-Feira de Cinzas, 10, foi apertada e decidida apenas no último quesito: alegorias e adereços. Esse é o 19º título da verde-e-rosa.

 

A Mangueira levou este ano para a Marquês de Sapucaí um enredo em homenagem à cantora Maria Bethânia. Desde 2002, a agremiação não vencia no Grupo Especial. O último título havia sido com o enredo "Brazil Com 'z' é pra cabra da peste, brasil com 's' é a nação do Nordeste".



Quatro mil caixas de cerveja liberadas
"Mangueira é uma escola do povo e que merece  estar aqui, ser campeã é uma consequência. É a realização da comunidade. A festa vai rolar até a hora que a comunidade tiver força pra festejar", disse o presidente Chiquinho da Mangueira, que levou a taça para quadra da escola, e liberou 4 mil caixas de cervejas para os mangueirenses comemorar.



Enredo sobre Belém concorria com o de Bethânia
Chiquinho contou ainda, que a Mangueira tinha a proposta de fazer um enredo sobre Belém do Para.

 

"Nós tínhamos um enredo pra falar de Belém, que tinha muito dinheiro, e o Leandro falou: 'Vocêc decide, mas você me trouxe aqui para trabalhar, e eu tenho um enredo para trabalhar. Eu troquei dinheiro por uma aposta, mas a Bethânia é a cara da Mangueira, aceitei e prevaleceu o que ele quis", contou o presidente.

 

"Enfrentamos duas crises, uma interna, financeira, e uma externa que é a financeira do país, mas muito disso a gente deve ao carnavalesco que reutilizou muita coisa, que gastou infinitamente menos do que gastamos nós últimos ano", disse elogiando Leandro Vieira.

 

Chinquinho falou ainda que quase todo mundo que ele trouxe recentemente para a agremiação era de escola da série A do carnaval carioca. "Fui muito criticado. Trouxe gente da Caprichosos e da Tuituti, e falaram que eles eram pequenos para a escola. Taí a resposta", disse.

 

A porta-bandeira Squel foi outra que foi para a quadra da escola festejar.



"É muita emoção, alívio. Saem dez toneladas das nossas costas de poder dar esse orgulho para a comunidade verde e rosa", disse ela que foi um dos destaques na Avenida ao aparecer com uma estrutura de látex, que simulava que ela estava careca.

 

"Eu sabia que estava correndo um risco, mas em nenhum momento tive medo. Eu sabia que ia dar certo", disse sobre o visual na Sapucaí.

 

A Unidos da Tijuca ficou em segundo lugar, seguida por Portela, Salgueiro, Beija-Flor e Imperatriz. Estácio de Sá, que voltou à elite do carnaval neste ano, foi rebaixada.

 

"Nossa, eu não paro de chorar! Antes mesmo de acabar a apuração, já estava chorando! Nas últimas notas, não estava aguentando... Nossa, estou muito feliz! Nunca senti essa emoção! É maravilhoso! Gente, como amo minha escola", festejou a musa Renata Santos.

 

Cauã Reymond, destaque do desfile da Mangueira, usou as redes sociais para comemorar. "Sábado na avenida", escreveu ele, citando a volta da escola de samba à Marquês de Sapucaí no Sábado das Campeãs.

 

Caetano Veloso também vibrou na web: "A Mangueira é foda. Maria Bethânia é foda. Tinha que ser assim. A Mangueira é onde o Rio é mais baiano".


Fonte: EGO


Comentar pelo facebook:
/ Outras matérias relacionadas:
BLOG DA VIVI
ENTRETENIMENTO

Xuxa não renova contrato e futuro na Record é incerto
Segredo
Anitta tem casamento com cerimônia celebrada por pajé
GALERIA DE EVENTOS

Réveillon no Theresina Hall

Moda, música e campanha social marcam a primeira noite do Teresina Trend
NOTÍCIAS
MULHER
COLUNISTAS
ENTRETENIMENTO
PARCEIROS
OUTRAS PÁGINAS
© Copyright 2015/2018. www.blogdavivi.com.br - Teresina-PI. Todos os direitos reservados.