•   Teresina - PI, 18/01/2018.
Oferecimento:
  Notícias
  Entretenimento
  Mulher
  Colunistas
  Mídias
  Clima
Método sintotermal ajuda a entender os sinais de fertilidade
 Postado em: 04/02/2016 às 23h01
Método sintotermal ajuda a entender os sinais de fertilidade

A cada dia os métodos naturais de contracepção estão mais em evidência. O motivo? Há quem questione os efeitos dos hormônios encontrados em pílulas anticoncepcionais. Recentemente, pesquisadores descobriram uma técnica de percepção da fertilidade, chamada de método sintotermal.

 

Acredita-se que ele seja tão eficaz quanto a pílula para evitar a gravidez – desde que usado corretamente. Tudo funciona a partir da identificação de sinais que o corpo feminino produz. 

 

Como funciona o método sintotermal

De acordo com um estudo publicado na revista Human Reproduction, o método sintotermal pode ser tão eficaz quanto a pílula anticoncepcional. Trata-se de uma forma de planejamento familiar natural que permite aos casais identificar com precisão a fase fértil da mulher. Basta medir sua temperatura e observar secreções cervicais.

 

Foram observados dois grupos de casais, um dos quais se absteve do sexo durante o período fértile outro que usou algum outro método de barreira nessa fase. Os dados mostraram que os primeiros tiveram uma taxa de 0,4% de gravidez não planejada, contra 0,6% do segundo grupo.

 

Para usar o método sintotermal, a mulher precisa aprender os sinais naturais de fertilidade do corpo e saber sua temperatura todas as manhãs. As leituras diárias são feitas com um termômetro basal, capaz de determinar a temperatura corporal com precisão de poucos centésimos de grau.

 

A precisão é importante para detectar o ligeiro aumento da temperatura – que marca o fim do período fértil. É importante manter um gráfico para registrar as medições e anotar outros sinais que indicam ovulação próxima.

 

Dentre eles estão inconsistência do muco cervical, posição do colo do útero, ciclo de cólicas e alterações de humor. Há vários aplicativos para smartphones e softwares de computador disponíveis para esses registros.

 

Antes de usar esse método, porém, a mulher deve monitorar seu ciclo menstrual durante alguns meses. Em um ciclo de 28 dias, é provável que ela ovule cerca de 14 dias após o início da menstruação – ou seja, ela é capaz de engravidar entre os dias oito e 20 do seu ciclo, considerando o tempo de vida dos espermatozoides.

 

Como nem todas seguem esse padrão, primeiro é preciso entender o funcionamento do seu corpo. Vale lembrar que os casais podem usar essa mesma técnica para descobrir quais os melhores dias para ter relações sexuais caso desejem uma gravidez.

 

Vantagens e desvantagens do método

Quando usado corretamente, o método sintotermal é relativamente confiável. Além disso, trata-se de uma técnica de controle de natalidade que dispensa o uso de contraceptivos e hormônios baseados em outros métodos – e que muitas vezes possuem efeitos colaterais. É ainda muito mais barato do que a pílula ou injeções.

 

Para funcionar, o método deve ser utilizado corretamente – o que não acontece com muitos casais. Por exemplo, a falta de sono pode fazer a temperatura da mulher variar. Além disso, a consistência do muco cervical muitas vezes se altera se há infecção vaginal – das quais muitas vezes sequer se sabe a existência.

 

Os ovários são capazes ainda de expulsar um óvulo em intervalo irregular, sem qualquer aviso sintomático. Por isso, é preciso conversar com seu médico antes de suspender outros métodos. Não menos importante, lembre-se de que a técnica de percepção da fertilidade não protege contradoenças sexualmente transmissíveis.

 

Fonte: Doutíssima


Comentar pelo facebook:
/ Outras matérias relacionadas:
BLOG DA VIVI
ENTRETENIMENTO

Xuxa não renova contrato e futuro na Record é incerto
Segredo
Anitta tem casamento com cerimônia celebrada por pajé
GALERIA DE EVENTOS

Réveillon no Theresina Hall

Moda, música e campanha social marcam a primeira noite do Teresina Trend
NOTÍCIAS
MULHER
COLUNISTAS
ENTRETENIMENTO
PARCEIROS
OUTRAS PÁGINAS
© Copyright 2015/2018. www.blogdavivi.com.br - Teresina-PI. Todos os direitos reservados.