•   Teresina - PI, 18/01/2018.
Oferecimento:
  Notícias
  Entretenimento
  Mulher
  Colunistas
  Mídias
  Clima
Clube dos Diários será reaberto nesta quinta-feira (21), após restauração
 Postado em: 20/01/2016 às 20h30
Clube dos Diários será reaberto nesta quinta-feira (21), após restauração

Espaço de encontro da sociedade teresinense, o Clube dos Diários ganhou sede própria – na Rua Álvaro Mendes – em março de 1927. Há 89 anos presente na história cultural piauiense, o clube faz parte do complexo que reúne o centenário Theatro 4 de Setembro e a Praça Pedro II. Os salões que já receberam festas, concursos de misses, tertúlias e bailes de carnaval voltam a abrir as portas para o público, nesta quinta-feira (21), a partir das 9h30, depois de ter sua estrutura restaurada e modernizada.

 

O corpo de baile da Escola de Dança do Estado Lenir Argento é quem vai dar as boas-vindas ao público. Em seguida, serão apresentados trechos do espetáculo litero-musical “Geleia Geral”, dirigido por Vitorino Rodrigues. O Quarteto de Cordas da Orquestra Sinfônica de Teresina e Gislene Danielle & Edivan Alves também participam da solenidade, que contará com a presença do governador do Estado, Wellington Dias, e do secretário estadual de Cultura, Fábio Novo.

 

Durante a noite, a partir das 19h, tem apresentação do espetáculo “Arrumadinho – Mostra de Futuros Autores”, no Teatro Torquato Neto. A peça é resultado da oficina ministrada pela dramaturga e escritora Ísis Baião.

 

A restauração, de caráter emergencial, foi autorizada em setembro de 2015 pelo Governo do Estado, após solicitação da Secretaria Estadual de Cultura. Na época, uma vistoria constatou que parte do teto da Galeria de Arte do Clube dos Diários estava comprometida e, por conta disso, o espaço havia sido interditado provisoriamente. As obras foram iniciadas em outubro de 2015. Com a reabertura, a população vai ganhar um novo Clube dos Diários, que há 20 anos não passava por uma restauração desse porte.

 

Detalhes que recontam a história da casa e presentes do forro ao piso passaram pelas mãos do restaurador e escultor Mestre Dico. “Trata-se de um prédio centenário que exige um trabalho minucioso e artesanal de restauração. Está sendo feito todo o madeiramento e telhamento, tanto no Teatro como no Clube dos Diários, além do piso, que é todo feito de mosaico de madeira”, explica a arquiteta e coordenadora de registro e conservação da Secretaria Estadual de Cultura, Patrícia Mendes.

 

A Sala Torquato Neto, que passará a funcionar como Teatro, mantendo sua capacidade para 130 lugares, ganhou carpete, forro acústico, novos camarins e banheiros, além da climatização. O Clube ganhou iluminação externa de led que, durante a noite, ajuda a realçar a beleza dos seus traços arquitetônicos. A iluminação interna também foi toda reposta, tanto na Galeria como no Teatro Torquato Neto, que teve todas as suas poltronas restauradas.

 

Cerca de R$ 600 mil foram investidos na reforma de todo o complexo, que consiste principalmente na restauração e impermeabilização do telhado. A obra se estende ao Theatro 4 de Setembro e ao espaço Osório Júnior, onde acontecem os shows do projeto “Boca da Noite”. A previsão é concluir toda a restauração do complexo até o início de março.

 

Histórico

 

A Sociedade Recretiva Club dos Diários foi fundada em 1922. No início, seus fundadores realizavam seus encontros e festas em residências particulares. Só em 1927 inauguraram a sede própria. Nos salões do antigo Clube dos Diários a sociedade teresinense se divertia e respirava cultura.

 

No ano de 1925, o então governador Matias Olímpio de Melo doou o terreno para a construção da sede definitiva, declarando de utilidade pública a “Sociedade Anônima Clube dos Diários”, através da lei 1.119 de 26 de junho do mesmo ano.

 

O prédio definitivo na Rua Álvaro Mendes foi inaugurado no dia 20 de março de 1927. A partir daí passou a funcionar dinamicamente, com vários bailes e conferências literárias. A partir dos anos 30, Teresina viveu uma brilhante fase cultural recebendo a visita de artistas e intelectuais.

 

Nos anos 70 foi desativado por problemas na sua estrutura física, mas não perdeu a sua referência. Apenas o bar continuou funcionando e servindo de local de encontro para o bate-papo entre amigos, desta vez sem distinção de classe social, pois todos passaram a frequentá-lo e torná-lo palco ideal para nostálgicos e boêmios.

 

Tombado pelo Estado através do decreto 6.152, de 3 de janeiro de 1985, o Clube dos Diários passa a integrar o Patrimônio Histórico Artístico do Estado do Piauí, conservando em toda a parte externa o seu estilo eclético com elementos neoclássicos predominantes no início do século. Internamente o clube dispõe de espaço para exposição no salão principal, cineteatro com 130 lugares, sala para oficina de pintura e cerâmica e sala para um centro de documentação para a cultura.

 

Hoje o Clube dos Diários, juntamente com o Theatro 4 de Setembro e a Praça Pedro II, compõem o coração cultural de Teresina sob a responsabilidade da Secretaria Estadual de Cultura.

Data: 21/01

Local: Complexo Cultural Clube dos Diários

Horário: 9h30

 

Programação

Abertura – Corpo de Baile da Escola de Dança Lenir Argento

Apresentação no Teatro Torquato Neto do espetáculo Geléia

Geral – Direção de Vitorino Rodrigues

Quarteto de cordas (OST), Gislene Danielle & Edivan Alves

Descerramento da placa de inauguração pelo governador Wellington Dias e secretário estadual de Cultura, Fábio Novo.


Comentar pelo facebook:
/ Outras matérias relacionadas:
BLOG DA VIVI
ENTRETENIMENTO

Xuxa não renova contrato e futuro na Record é incerto
Segredo
Anitta tem casamento com cerimônia celebrada por pajé
GALERIA DE EVENTOS

Réveillon no Theresina Hall

Moda, música e campanha social marcam a primeira noite do Teresina Trend
NOTÍCIAS
MULHER
COLUNISTAS
ENTRETENIMENTO
PARCEIROS
OUTRAS PÁGINAS
© Copyright 2015/2018. www.blogdavivi.com.br - Teresina-PI. Todos os direitos reservados.