•   Teresina - PI, 20/01/2018.
Oferecimento:
  Notícias
  Entretenimento
  Mulher
  Colunistas
  Mídias
  Clima
Pessoas que ouvem música alta fazem mais sexo, diz estudo
 Postado em: 11/02/2016 às 16h08
Pessoas que ouvem música alta fazem mais sexo, diz estudo

A MÚSICA está tão presente na realidade humana, e são tantos os seus BENEFÍCIOS, que até terapia é possível realizar através dela. Agora, um novo estudo comprova que OUVI-LA ALTA EM CASA E EM FAMÍLIA TRAZ EFEITOS POSITIVOS que podem inclusive influenciar no sexo.

 

A pesquisa teve início com 30.000 indivíduos ao redor do mundo, a fim de estabelecer UMA AMOSTRA COM 30 FAMÍLIAS PARTICIPANTES. A análise, intitulada “Music makes it home” (A música faz uma casa, em tradução livre e literal), teve a tutoria do neurocientista americano Dr. Daniel J. Levitin, um expert nas relações e resultados que a música apresenta no homem, e foi conduzida por uma empresa de sons, a Sonos. “A verdade é que as pessoas podem até dividir uma casa, mas não muito mais que isso. Agendas lotadas, estresse e aparelhos eletrônicos pessoais podem fazê-las se sentirem desconectadas umas das outras. A música pode ser capaz de mudar esse cenário ao deixá-las mais próximas”, ele afirma.

 

Primeiramente, os voluntários foram expostos a uma semana inteira sem música alguma; depois, naquela que sucedeu esse período, o som foi ligado frequentemente, com o objetivo de observar as mudanças que isso poderia repercutir no comportamento delas. Assim, foi possível notar como A SONORIDADE NA CASA MUDA A MANEIRA COMO SE ESTABELECEM OS RELACIONAMENTOS entre os moradores, e em que aspecto isso pode ATINGIR NÍVEIS MELHORES.

 

Os resultados mostraram que aqueles que ouviram MÚSICA ALTA POR MAIS HORASPASSARAM, EM MÉDIA, MAIS TEMPO JUNTOS também: uma média de 3 horas e 13 minutos semanais a mais que os não deixaram os seus sons ligados por longos períodos; e, em 20% desse prazo, as famílias relataram proximidade mais íntima, que pode estar ligada ao sexo – já que, no geral, os participantes referiram AUMENTO DE 67% VINCULADO AO SEXO COM O PARCEIRO.

 

Fora isso, depois que a música foi introduzida no ambiente familiar, 43% DOS COMPONENTES DISSERAM SE SENTIR EXTREMAMENTE AMADOS e, 14% soltaram um “Eu te amo” ou demonstraram afeto quando certa música tocou. 25% deles se sentiram mais inspirados e para 58% deles, a comida chegou até a ficar mais gostosa; 16% NOTARAM MELHORA NO HUMOR E 15% DERAM MUITO MAIS RISADA.

 

E você, gostaria de fazer esse experimento em casa também?

 

Fonte: Daqui Dali


Comentar pelo facebook:
/ Outras matérias relacionadas:
BLOG DA VIVI
ENTRETENIMENTO

Xuxa não renova contrato e futuro na Record é incerto
Segredo
Anitta tem casamento com cerimônia celebrada por pajé
GALERIA DE EVENTOS

Réveillon no Theresina Hall

Moda, música e campanha social marcam a primeira noite do Teresina Trend
NOTÍCIAS
MULHER
COLUNISTAS
ENTRETENIMENTO
PARCEIROS
OUTRAS PÁGINAS
© Copyright 2015/2018. www.blogdavivi.com.br - Teresina-PI. Todos os direitos reservados.